Marco Antonio Bini  2016-2018 - Todos os direitos reservados.

contato@marcoantoniobini.com

Com quem você gosta de trabalhar?

December 2, 2016

A origem desse post se deu, por causa desse artigo do CEO do LinkedIn Jeff Weiner. Clique aqui.

 

O mais legal é que será um post que fala sobre as minhas 3 áreas de trabalho de uma só vez! Carreira, Liderança e Produtividade.

 

Quando a gente escolhe as pessoas que irão trabalhar conosco, que serão nossos parceiros, é essencial que escolhamos pessoas que gostem de colocar a mão na massa, hard workers, mas só fazer e fazer não leva ninguém a lugar nenhum, então precisamos de pessoas que também sonhem, e para o trabalho ficar leve e prazeroso, precisamos de pessoas ao nosso lado que sejam alegres e divertidos, pois geralmente passamos mais horas do dia trabalhando do que em casa, certo?

 

Eu tive o prazer de trabalhar com várias pessoas desse tipo... muito bom!

 

 

Sensacional ver e entender essa mensagem, mas eu quero traduzi-la para você, dentro do que eu acredito e do meu trabalho.

 

Hard workers, trabalhadores, tubarões ou executores, são diversos os nomes que podemos dar para as pessoas que olham para o aqui e agora e sabem fazer e acontecer. São pessoas não tem medo de por a mão na massa ou preguiça. Para eles é importante colocar a roda para rodar. Todos nós temos um hard worker dentro de nós. Sem trabalho duro é impossível conquistar qualquer sonho ou objetivo, temos que evoluir constantemente. Quando estamos com esse perfil ligado dentro de nós, eu duvido que você vai querer alguém diferente do seu lado. Então é muito importante encontrar pessoas que tenham um bom percentual desse perfil para ser seu funcionário, seu chefe (sim, você escolhe quando está sendo contratado...), seu parceiro de negócios ou sócio. Se você tiver alguém na equipe que não goste de trabalhar, você já sabe que o trabalho ficará nas suas costas. Então trabalhe e entregue para não deixar nas costas dos outros e esteja do lado de pessoas que gostam de trabalhar, para não ficar nas suas costas.

 

Sonhadores... adoro esse perfil, talvez porque eu acredito ser minha asa mais forte. São pessoas que visualizam lá na frente, conseguem fazer as conexões e juntam as incríveis possibilidades do que é possível acontecer. Se uma pessoa tem capacidade de sonhar, ela tem capacidade de realizar (Walt Disney disse isso e o que aconteceu?), outro perfil dos sonhadores, no meu ponto de vista, é a habilidade de sempre estar em busca de solução para os problemas. Essa parte de nós gosta de desenhar o futuro e usa sua visão para planejar os próximos passos. 

 

Se encontrar, desenvolver ou ser esses dois itens juntos, já é profissional nota 10, pois há sempre um conflito entre o pensar e o realizar. As empresas precisam muitas vezes colocar 2 profissionais na função, um que pensa e um que realiza, imagina ter os dois em um?

 

O mais engraçado é que o que trabalha e realiza muito, acha que o sonhador não faz nada, e o sonhador acredita que o hard worker faz, faz e faz, mas sem resultado em relação a sua visão. Sempre há esse conflito de pontos de vista. Aliás, um dos papéis de um líder é sempre regular os pontos de vistas e expectativas, certo?

 

Alegria e Felicidade para mim é a grande chave que muda o jogo. Trabalhar feliz é acreditar no resultado, é confiar nas pessoas ao lado, é o reconhecimento, é a leveza do dia-a-dia. Se você trabalhar com cara amarrada quais resultados você traz? Você compraria de um vendedor sorridente ou de um emburrado? Com qual velocidade seu dia passa ao trabalhar feliz? E emburrado e puto com os resultados? Trabalhar feliz é praticar o desapego e a gratidão.

 

Desapego é fazer acreditando no resultado final, acreditando que todo o esforço gerará uma nova cadeia de eventos positivos para você.

Gratidão é se auto-reconhecer dentro do seu trabalho, da sua vida e saber que você é a melhor pessoa que você pode ser, tomou as melhores decisões que podia naquele momento e sabe se perdoar por erros.

 

É provado cientificamente que uma pessoa alegre e feliz possui um número muito maior de sinapses no cérebro do que uma pessoa mais triste. Uma pessoa alegre consegue ter uma excelente projeção de um futuro brilhante e consegue ter muito mais energia para executar as tarefas que precisa. É incrível o poder que se obtém ao estar feliz.

 

Eu fico imaginando agora que tipo de profissional você quer ser e que tipos de resultado quer obter.

 

O mais interessante é que muitas vezes ao falarmos de carreira e do ambiente profissional, temos que buscar raízes mais profundas e padrões de comportamento na vida pessoal, social, amorosa e familiar. Muitas pessoas não gostam de mexer nesses espectros, pois acreditam ser irrelevante para o trabalho e isso pode acarretar em um grande desafio mexer só em um ambiente, quando todos estão interligados. Não é possível ser alegre, produtivo e visionário no trabalho, sem ajustar um pouco as demais áreas da vida também. Como diz um dos meus professores e escritor T. Harv Eker em uma citação bem profunda:

 

"A maneira como você faz uma coisa é a maneira como você faz todas as coisas."

 

Entenda isso e entenderá a base para alcançar o sucesso profissional com as qualidades acima.

 

Se leu o artigo até aqui eu acredito que está interessado em ser um melhor profissional e alçar voo na sua carreira, talvez sendo mais produtivo, mais engajado ou apenas encontrando o significado naquilo que você faz. Te convido a entrar em contato comigo e agendarmos uma conversa para analisarmos como você pode decolar.

 

Um grande abraço do seu coach,

Bini

Please reload

Posts Em Destaque

Como ser mais esperto que o Diabo?

February 8, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Assuntos