Marco Antonio Bini  2016-2018 - Todos os direitos reservados.

contato@marcoantoniobini.com

O que aprendi assistindo - Truque de Mestre: 2º Ato

November 28, 2016

Se tem uma série que eu adoro é a do Truque de Mestre. Em seu segundo filme 4 cavalheiros mágicos são escolhidos para ajudar a expor uma corporação que pretende acabar com a privacidade das pessoas e das organizações. O que me atrai nesse filme são os ensinamentos que quero compartilhar com você:

 

1) Nem tudo é o que parece. Não serei spoiler e te contarei as reviravoltas do filme, mas eles mostram como as pessoas e os fatos não são o que parecem ser. Quando olhamos os fatos de muito perto, não usamos nosso poder total de observação e acabamos tendo uma interpretação única. A grande habilidade de compreender a realidade sobre alguma coisa é tendo múltiplos pontos de vista que podem ser:

Ponto de vista espacial, ou seja, dependendo de onde você olha, onde você está, terá uma percepção distinta da situação. Exemplo: Se você sofre um assalto, você está no papel associado e terá uma percepção. Se você entrar no papel do assaltante, terá outra percepção sobre o fato. Se entrar no papel de um observador, terá outra. No papel do policial terá outra. A verdade estará na média de todos.

Ponto de vista temporal, ou seja, dependendo de quando você olha um fato ele pode ter significados diferentes. Se você se lembrar de uma decisão que tomou 10 anos atrás e consegue visualizar suas consequências, você terá uma percepção diferente de 5 anos atrás e terá uma percepção diferente do momento da decisão.

 

2) Preparação e treino é fundamental. No filme fica claro que os participantes estão em treinamento e aperfeiçoamento de suas habilidades durante o tempo que não estão "no trabalho". Isso incomoda alguns deles, mas esse aperfeiçoamento contínuo é fundamental para a evolução e o nascimento de novos truques. Como você se mantém atualizado diariamente? Não estou falando de notícias, estou falando de suas capacidades e habilidades para desenvolver seu papel no dia-a-dia.

 

3) Somos indivíduos sociais, isso é, somos seres com capacidades e características únicas, entretanto temos que nos desenvolver em grupos para que fraquezas e forças se unam, para que conhecimentos se multipliquem e para que haja um crescimento em grupo. Somos seres que precisam de outros para aprender, evoluir, se reprogramar e para viver. Não entro nem na questão Pais e Filhos, mas no relacionamento social em todos contextos. Quem se exclui não prospera. Temos que ser capazes de reconhecer nossos potenciais e de valorizar o potencial alheio.

 

4) A mágica acontece fora da sua zona de conforto. Sempre a zona de conforto aparece e ela é a maior inimiga da evolução. Temos que nos desafiar e ir além de nossas capacidades, gerar novas sinapses e alimentá-las. Ao assumir um desafio que as vezes crê que não é capaz, isso pode te tirar da sua zona de conforto e te fazer evoluir mais rápido do que pensa.

 

5) O poder do homem está no respeitar e no honrar aqueles que vieram primeiro. A hierarquia é extremamente importante para o crescimento. A hierarquia não quer dizer que deve aceitar a opinião dos mais velhos ou dos mais experientes, ela refere-se a respeitar, honrar e valorizar aquilo que já foi feito e de quem já alcançou o nível de maestria. Os caminhos são infinitos, mas por que percorrer caminhos novos e difíceis se é possível percorrer caminhos abertos e mais fáceis. Honrar e respeitar também é questão de humildade, e também é questão de estar com seu copo sempre meio cheio, com espaço para aprender mais e mais a cada interação.

 

Espero que em algum nível esse post faça sentido para você.

 

Mais sobre o filme: clique aqui.

 

Um grande abraço do seu Coach.

Bini

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Como ser mais esperto que o Diabo?

February 8, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Assuntos