Marco Antonio Bini  2016-2018 - Todos os direitos reservados.

contato@marcoantoniobini.com

  • Marco Bini

Copywriting: Palavras que Vendem


Você quer aprender a fazer seus clientes comprarem mais de você somente mudando suas palavras? Para mim escrever uma boa "copy" sempre foi um dos temperos do meu sucesso e eu quero te apresentar uma fórmula mágica de 10 passos que você pode usar no seu negócio, seja uma multi-nacional, um salão de cabeleireiro ou para divulgar suas atividades como autônomo.


Antes eu só quero te adiantar que as palavras me ajudaram, por exemplo, a mudar o faturamento de uma empresa de 2 milhões anuais para 13 milhões em apenas 9 meses. Sem buscar nenhum cliente novo! Pena que esse contrato eu fechei com um valor fixo e não em percentual de lucro (rs).


Então o que fazem as palavras serem tão especiais? Elas evocam sentimentos! Se você conseguir engajar uma pessoa em uma determinada ordem de palavras e essas palavras provocarem emoções específicas dentro dela, você começa a mexer com seu impeto de compra.


Nós compramos com EMOÇÃO e justificamos nossa escolha com a RAZÃO. Em qualquer mercado, em qualquer segmento. Do papel higiênico ao carro, do lápis a sua casa. Todas as decisões são baseadas em emoção e depois ficamos caçando números, razões e justificativas para explicar a nossa escolha. Se você entender esse conceito, você entenderá o motivo, por exemplo, pela qual a primeira coisa que te oferecem em uma loja é um cafézinho ou uma água, porque um vendedor sempre te dá uma caneta ou um bloquinho de presente ou porque o seu namorado chega com flores ou um presente em casa.


Então, qual é a fórmula mágica para que as pessoas comprem o que eu vendo?


Aqui eu vou trazer uma de diversas fórmulas que pode ser feita por escrito, em vídeo, em áudio ou até falado publicamente, porém essa é realmente BEM EFICAZ.


O seu primeiro objetivo é atrair a atenção do público correto. Por isso, você precisa de uma boa CHAMADA (Procure sobre Headline no Google). Nessa chamada, você não tem que falar sobre seu produto ou serviço, você tem que gerar interesse através daquilo que a pessoa quer. Exemplo: Você gostaria de ganhar um milhão de reais por ano trabalhando apenas 4 horas por dia? Você quer emagrecer e ter um corpo saudável com apenas 15 minutos de exercícios diários? Fazendo essas perguntas você já está "qualificando seu público" e chamando a atenção deles. Perceba que essa pode ser o começo de um texto ou de um vídeo de Youtube.


O grande objetivo desse passo é fazer a pessoa ter interesse em ler o próximo item que é a ABERTURA, onde você pode falar para quem serão boas aquelas informações e o que a pessoa irá "ganhar" ao ler todo o texto, por exemplo. O segredo dessa parte é desenhar o quadro para a audiência e direcionar a mente dele para aquilo que você quer. Nesse estágio você está reforçando o interesse dele em continuar com você.


O próximo passo é ESTABELECER CREDIBILIDADE. Aqui é um pouco de eu, eu e eu. Sim, é hora de você se vender um pouquinho. É importante falar de números e realizações, se o seu negócio está em fase inicial, então pode falar das certificações e história. Nós sempre temos histórias de sucesso para contar (eu não falei lá em cima de um número que consegui só mudando uma copy?)


A seguir você precisa voltar a atenção para quem realmente importa, o cliente! É mostrar COMO ELES IRÃO RESOLVER O PROBLEMA DELES. O que você está oferecendo? De novo, foque em transformação e não no produto ou serviço, porém aqui você pode apresentá-los. Exemplo: Nós estamos te oferecendo um programa de exercícios que você pode fazer em casa, sozinho ou em família.


Chegou a hora de falar dos BENEFÍCIOS. Aqui mostre tudo bem pontuado e rápido. "Fácil de usar...", "Reduz o tempo de..." e assim por diante. O segredo está nos benefícios e não no que faz. Lembre que a conversa em uma copy é sobre o cliente e a decisão dele, não sobre você e seus produtos ou serviços.


Então vá para os DEPOIMENTOS. Mostre quem já testou ou até pessoas testando seu produto. O que as pessoas falam sobre o seu negócio? O que as pessoas falam sobre seu serviço? Tente capturar uma boa recomendação. Veja por exemplo esses depoimentos de clientes minhas: "[...] em apenas quatro meses meu pequeno sonho se transformou em empresa." ou então "[...] Ele pegou na minha mão e não me deixou cair nenhuma vez, nem mesmo quando eu mesma quase me larguei."


JUSTIFIQUE SEU VALOR, aqui você precisa mostrar as possibilidades para o cliente. Por que você? Por que seu produto ou serviço? Quais são os impactos negativos dele continuar sem comprar seu produto? Quais são as coisas boas que acontecerão se ele comprar? Coloque duas ou três opções de futuro para ele e nada mais.


ELIMINE A OBJEÇÃO DO RISCO! Dê garantias, ajude o cliente a saber que ele está fazendo uma boa compra e uma compra segura. Se ele se arrepender ele pode devolver ou ter seu caso analisado de maneira especial. Eu tenho uma metodologia que reverte a situação de "devolução" ou de descontentamento que explicarei em outro post.


Agora está na hora de CHAMAR PARA A AÇÃO. O que ele tem que fazer para comprar o que você está vendendo? Onde ele compra, quais são as opções? Lembre-se que menos é mais. Simplifique a vida do cliente e dê no máximo três opções. Deixe ele escolher e ajude-o. Vendas é sobre ajudar o cliente a comprar.


Finalize após mostrar as opções com uma URGÊNCIA que também pode ser ESCASSEZ. Onde você irá responder para o cliente "Por que agora?". Até quando essa proposta fica no ar? Quantas peças ou produtos você tem em estoque? Qual é o perigo de não comprar agora?


Essa é uma versão simplificada, inclusive muito usada pelo pessoal do Marketing Digital. Ela pode ser adaptada e recriada de diversas maneiras e negócios. Lembre-se de em todas as suas comunicações que o foco é a audiência e que as compras são feitas por emoções.


Se você quiser ajuda para criar a Copy do seu negócio, produto ou serviço. Entre em contato comigo.

36 visualizações