• Marco Bini

5 erros mais comuns dos líderes.


Liderar é uma das atividades mais complexas que eu já vivi e que me coloco a ensinar, pois estamos falando de uma multiplicidade de comportamentos além do nosso próprio. Liderar a si mesmo já possui um nível de complexidade absurda e lutas internas, imagine liderar uma equipe onde há diversas expectativas e perspectivas.


O líder precisa ter uma habilidade tremenda para "entrar no mundo" do seu liderado e ajudá-lo a se desenvolver. O grande problema é que a maioria dos líderes têm preguiça de liderar, uma falta de vontade de desenvolver. É claro que isso demanda tempo e energia no curto prazo, porém no longo prazo é incalculável o resultado comportamental e principalmente financeiro para algumas empresas. Em meu último case a mudança de estilo de gestão fez uma empresa que estava com resultado 30% negativo, dobrar o topo do faturamento do ano anterior. Isso é bom ou é ótimo?


As pessoas precisam estar alinhadas, produzindo e mantendo um bom relacionamento. Não estou falando de festas e happy hour, mas de construção de relacionamento profissional com confiança e entrega.


Portanto vou listar aqui os 5 erros mais comuns que um líder pode cometer com seus subordinados que prejudicam a produtividade e a rentabilidade do negócio em si.


FAZER AS ATIVIDADES QUE DEVERIAM SER DELEGADAS

Quando você assume um cargo de liderança está claro que muitas das suas atividades terão que ser delegadas para a equipe, porém por falta de confiança em si, alguns líderes seguram atividades para si mesmo e se sobrecarregam com medo da pessoa tomar o seu lugar. Esquecem que a cada degrau na escada de uma empresa, você está mais perto da estratégia e ali não há muito tempo a perder com atividades diárias. E ao não delegar você deixa seu funcionário infeliz, pois ele poderia estar fazendo essa atividade. "Ahh... mas ele não sabe!", já escutei isso mil vezes! Seu dever é ensinar e se ele não aprender na milésima vez, você deve ensinar mais uma. Se ele não está aprendendo é que algo está faltando e o líder é você para descobrir o que é.


NÃO INVESTIR TEMPO E DINHEIRO NO DESENVOLVIMENTO

Seguindo a linha de pensamento do item anterior, muitas empresas esquecem de investir em seus funcionários. Itens básicos como palestras, cursos e coaching podem dar um impulso para a equipe que você nem imagina. Porém, o líder pode muito bem desenvolver a equipe por si só. Em um projeto que participei a dona da empresa não tinha dinheiro para melhorar a equipe, criamos um projeto interno de capacitação onde ela mesma ensinou sua metodologia e recuperou a confiança e a coragem da empresa. Vendas aprendeu a vender com a idealizadora da empresa, a equipe de execução aprendeu o jeito que ela servia os clientes logo no começo da empresa e a cultura se espalhou com facilidade entre todos. Uma equipe engajada surgiu e os lucros você não precisa nem imaginar. O simples ato de escutar, entender e realinhar expectativas pode mudar o jogo.


SEGURAR AS INFORMAÇÕES PARA SI

Mais uma atitude que líderes inseguros fazem. Não estou falando de informação sigilosa ou estratégica e sim aquelas informações que funcionam para o dia-a-dia. Em algumas empresas que trabalhei ou que ajudei a reestruturar a liderança os funcionários não entendiam algumas das movimentações e criticavam o líder por retrabalhos e solicitações impulsivas. O grande problema é a falta de mostrar a quadro todo, mostrar o caminho e a importância de cada um nesse caminho. Que tal sentar a equipe e mostrar o caminho e onde cada um se encaixa? Dica: aproveite esse tempo para escutá-los e pegar insights do "front".


NÃO DAR AUTONOMIA

Muitas empresas travam por burocracia. Já vi milhões de reais ficarem na mesa, pois um vendedor não tinha como aprovar uma negociação sem falar com o gerente e o gerente sem falar com o diretor. Na hora da aprovação o cliente já tinha comprado do concorrente. Tempo é crucial nos negócios e quanto menor a linha de decisão, melhor será a produtividade. É claro que para tudo existem regras! Delegue o máximo possível para a equipe e ensine-os a tomar as corretas decisões em cada ocasião. Liderar é ensinar, então invista seu tempo nisso. Uma equipe autônoma, produtiva e treinada abre espaço para você buscar novas ideias e oportunidades. Isso é crescimento.


FEEDBACK DADO DA MANEIRA ERRADA

Feedback por si só dá um curso de mais de um dia inteiro! Como a gente faz isso errado. Existe uma maneira que você "come o toco" da pessoa e ela ainda sai feliz, engajada e produtiva, porém deixo isso para outro momento. Agora quero que foque somente em não reclamar ou criticar seu funcionário em público, em primeiro lugar. Seu funcionário é sua responsabilidade e o seu dever é fazer ele se sentir bem. Preserve o ambiente e sua liderança, só você pode orientar e tem que ser em sala fechada. Outra coisa é elogiar, faça isso abertamente. Ao elogiar o comportamento de um, você inspira os outros a fazerem igual, pois as pessoas buscam reconhecimento e recompensa.


Liderar requer energia e tempo. Para um subordinado ou para 10.000. É igual! Você pode escolher ser o líder que ensina e muda a vida de pessoas, além de mudar os resultados da empresa, ou ser o líder ausente que perderá o lugar para alguém mais entusiasmado com o assunto. É uma escolha.

0 visualização

Marco Antonio Bini  2016-2018 - Todos os direitos reservados.

contato@marcoantoniobini.com